projeto_investigacao_resistence.png

projeto_resistance.PNG

A equipa local de pesquisa, no âmbito do projeto Research and Innovation Staff Exchange (2018-2022), coordenada pelo Prof. Doutor Lourenço Gomes, esteve reunida na passada sexta feira, 16 de março, na sala 307, no Campus do Palmarejo, tendo em pauta, aspetos ligados à implementação do projeto, a iniciar-se em junho de 2018. Em análise estiveram também as primeiras missões de investigadores nacionais ao exterior, previstas para julho deste ano.   A reunião contou ainda com a presença do Coordenador da Área Científica de Filosofia, História e Cultura, Prof. Rui Pereira e na oportunidade, socializaram-se, entre outros aspetos, pormenores relacionados com as atividades dos investigadores que serão retomados em encontros subsequentes.  O projeto, na vertente da participação cabo-verdiana, além do coordenador local, integra ainda: António Leão Correia e Silva (Ph.D) - Uni-CV, Elter Manuel Carlos (Doutorando) – Uni-CV, Filomena Oliveira Andrade (Ph.D) - IUE/Uni-CV, Ivone de Brito Monteiro (Ph.D) – Colaboradora Habitual Uni-CV, João Octávio Nascimento (Doutorando) - Uni-CV, José Silva Évora (Doutorando) – Colaborador habitual Uni-CV e Nélida Freire de Brito (Doutoranda) – Uni-CV. 

Este é um projeto financiado no âmbito do Programa de Investigação e Inovação Horizonte 2020 da União Europeia, no qual está envolvido um grupo de pesquisa internacional que inclui cerca de 86 investigadores. Estes, são vinculados de alguma forma a catorze Instituições de Ensino Superior ou de Investigação europeias, americanas e africanas. Deste grupo de instituições, faz parte a Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), através da Faculdade de Ciências Sociais, Humanas e Artes.

Na fase de constituição do dossier de candidatura ao programa europeu referido, a Reitoria da Uni-CV subscreveu este projeto através de uma Carta de Compromisso. E, para o desencadeamento do inicio das atividades do mesmo, pela parte cabo-verdiana, vigorará um Acordo de Associação, também assinado pela universidade. A equipa nacional, na sua maioria formada por docentes/investigadores afetos à área de História, é liderada pelo Prof. Doutor Lourenço Gomes, nomeado como Coordenador Local.

Para a entrada nesta iniciativa de investigação científica que tem a sua sede internacional no Departamento de História da Universidade de Évora – Portugal, foi exigido, de início, como requisito dos membros da área disciplinar de História, a posse do grau de doutoramento ou estar-se envolvido em programa de doutoramento. O projeto tem como tema de estudo o da RESISTÊNCIA, analisada num universo temporal que vai do Séc. XVI ao Séc. XIX.

RESISTENCE_FCSHA.png